Responsabilidade Social

(DMA) Contribuímos com o desenvolvimento das comunidades do entorno e fortalecimento da cadeia de valor por meio de iniciativas sustentáveis que promovam a geração de valor compartilhado.

Consideramos comunidades ao entorno os municípios onde temos escritórios e unidades industriais e onde residem a maior parte dos nossos colaboradores. Este critério nos ajudou a definir as prioridades de investimentos e relacionamento e são considerados ao analisarmos novas parcerias ou atividades sociais.









 

Atenção Prioritária Atenção Pontual
Santa Catarina Irani, Ponte Serrada, Vargem Bonita e Joaçaba Catanduvas, Concórdia e Herval d´Oeste
São Paulo Indaiatuba, Salto, Guarulhos e São Paulo (limitado ao entorno da Vila Maria) Itaquaquecetuba
Rio Grande do Sul Porto Alegre, Balneário Pinhal e Cidreira São José do Norte
Minas Gerais Santa Luzia

 

(413-1) Todas as operações da Irani possuem programas de desenvolvimento na comunidade local que buscam o desenvolvimento de crianças e jovens em frentes como educação, meio ambiente, cidadania e esportes, como:

  • Projeto Aluno Destaque: reconhece os cinco melhores alunos da Escola de Educação Básica Galeazzo Paganelli, de Campina da Alegria, em Vargem Bonita (SC), oferecendo-lhes orientação pedagógica exclusiva e bolsa de estudos mensal, com o objetivo de prepará-los para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e vestibulares. Ao longo do ano, são realizados encontros com profissionais voluntários da Irani, conforme áreas de interesse dos alunos participantes.
  • Broto do Galho: O objetivo do projeto é promover o desenvolvimento sustentável na comunidade de Campina da Alegria por meio de um núcleo de produção para confecção de produtos artesanais a partir de resíduos industriais, estimulando a integração social e a geração de renda extra aos participantes.
  • Parceria com a Junior Achievement: estímulo ao voluntariado empresarial por meio da capacitação dos colaboradores da Companhia para a aplicação de programas focados na educação prática em economia e negócios, em escolas públicas e privadas. A parceria se dá em todos os estados de atuação da Irani.
  • Fundo de apoio a projetos socais: Em parceria com o Instituto Guga Kuerten, proporcionamos oportunidades de transformação social, apoiando financeiramente projetos de ONGs ao entorno da Irani que desenvolvem ações para atendimento às pessoas com deficiência.
  • Parceria com a Associação Joaçabense de Voleibol (AJOV): estímulo à cidadania por meio da prática esportiva desta modalidade, envolvendo jovens em idade escolar residentes em Joaçaba, Vargem Bonita e Campina da Alegria.
  • Programas esportivos em parceria com o SESI: desenvolvimento da cidadania por meio da prática de modalidades esportivas e da abordagem de temas transversais como o respeito e o trabalho em equipe. Por meio desta iniciativa, beneficiamos uma média aproximada de 1.340 jovens em Indaiatuba (SP) e Santa Luzia (MG).
  • 144 colaboradores envolvidos em ações de voluntariado | mais de 840 horas de dedicação

As tratativas de questões sociais relacionadas aos nossos negócios, assim como a gestão de projetos desta natureza e atendimento às demandas das comunidades são conduzidas por profissionais da Companhia no sentido de assegurarem nossa licença social para operar.

(201-1)

Investimentos sociais (em R$ mil)

2015 2016 2017
Investimento direto 284 199 314
Lei Rouanet 100 0 0
Programa de Ação Cultural 135 98 0
Doações Pontuais 23 28 41
Total 542 325 355

 

(413-2) Vizinhos das nossas áreas florestais recebem comunicados prévios ao início das nossas operações e desfrutam das melhorias na infraestrutura das estradas pelas quais somos responsáveis pela manutenção. Este público também é consultado em nossas avaliações de impacto socioambientais. Em 2017, todos as comunidades lindeiras receberam, formalmente, o nosso Resumo Público de Manejo Florestal e um material informativo sobre prevenção e combate a incêndios florestais. Ações de educação ambiental também são oferecidas nessas localidades.

(413-1) Em 2018, à luz do planejamento estratégico para o ciclo 2018-2027, realizaremos a reanálise das comunidades ao entorno, buscando manter atualizado o critério de priorização de atenção e relacionamento. Também faremos novos ciclos de avaliação de aspectos e impactos socioambientais nas comunidades vizinhas às operações florestais e industriais da Companhia em Santa Catarina e estudo preliminar para realização desta prática no Rio Grande do Sul. Os resultados dessas avaliações irão nortear os planos de aplicação de recursos de investimento social privado e gestão do relacionamento com as comunidades ao entorno em 2019.

A comunicação com lideranças governamentais e entidades sociais representativas da sociedade é contínua e realizada por meio das nossas lideranças que assumem cargos em conselhos, diretorias e/ou contribuem em projetos e ações desenvolvidas pelas seguintes organizações:

  • Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) dos municípios de Joaçaba, Vargem Bonita e Concórdia, em Santa Catarina
  • Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca)
  • Associação Brasileira de Papelão Ondulado (ABPO)
  • Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP)
  • Associação Catarinense das Empresas Florestais (ACR)
  • Associação Comercial e Industrial do Oeste Catarinense (ACIOC)
  • Associação dos Resinadores do Brasil (ARESB)
  • Associação Empresarial de Santa Luzia (AESL)
  • Associação Gaúcha de Empresas Florestais (Ageflor)
  • Associação Qualidade RS/PGQP
  • Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul (CIERGS)
  • Conselho Estadual do Meio Ambiente (CONSEMA)
  • Federação das Associações Comerciais e de Serviços do Rio Grande do Sul (Federasul)
  • Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC)
  • Fundação Centro Tecnológico de Produção Industrial (Cetepi)
  • Indústria Brasileira de Árvores (Ibá)
  • Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia (IBAPE)
  • Movimento Catarinense pela Excelência – Excelência SC
  • Ordem dos Advogados do Brasil de Santa Catarina (OAB-SC)
  • Secretaria de Desenvolvimento Sustentável de Santa Catarina (SDS)
  • Sindicado das Indústrias de Marcenarias, serrarias, carpintarias e tanoarias de Caxias do Sul (Sindimadeira RS)
  • Sindicato da Indústria do Papelão do Estado de São Paulo (Sinpesp)
  • Sindicato das Indústrias de Celulose e Papel de Santa Catarina (Sinpesc)
  • Sindicato das Indústrias de Celulose, Papel e Papelão do Estado de Minas Gerais (Sinpapel)
  • Sindicato das Indústrias de Papel, Papelão e Cortiça do Rio Grande do Sul (Sinpasul)
  • Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Papel e Papelão em Santa Luzia (Sintipel)
  • Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel, Papelão e Cortiça de São Paulo, ABCDM, Osasco, Taboão da Serra e Região (Sintrapel)
  • Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Artefatos de Papel Papelão Cortiça em Joaçaba e Região (SITIAPAPEL)
  • Young´s Presidents Organization (YPO)