Sobre o relatório

(102-45, 102-50) No Relatório de Sustentabilidade Irani 2017, apresentamos nossos desafios e resultados na gestão de temas relevantes em sustentabilidade para os nossos negócios entre janeiro e dezembro de 2017, considerando nossas as unidades de negócios da Celulose Irani S.A. e controladas Habitasul Florestal S.A., HGE – Geração de Energia Sustentável Ltda., IGE – Irani Geração de Energia Sustentável Ltda. e Iraflor Comércio de Madeiras Ltda.

(102-31, 103-1) Em 2017, a equipe de Sustentabilidade conduziu um trabalho interno para a revisão da materialidade. Este trabalho foi inspirado pelo processo de revisão da materialidade realizado em 2014, com apoio de consultoria externa, pelo guia “How To: Matriz de Materialidade”, da Fundação Dom Cabral, e pelas orientações dispostas na GRI Standards, da Global Reporting Initiative (GRI), as quais fazemos nosso primeiro exercício de uso optando por um reporte em nível abrangente.

(102-21) O entendimento dos tópicos relevantes em sustentabilidade da Companhia iniciou com a avaliação de publicações internas como o nosso conjunto de Políticas Corporativas, intenção estratégica e Código de Ética, mapa estratégico e o resultado dos processos de definição de materialidade e assurance do último Relatório publicado em abril de 2017.

(102-42, 102-51) Durante a revisão do planejamento estratégico, o grupo de colaboradores participantes das discussões sobre os temas inovação e sustentabilidade foram consultados e também contribuíram neste processo indicando quais elos da cadeia de valor eram mais impactado por cada tópico material identificado.

Materiais como os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, Relatório Anual Ibá 2016, Rotas Estratégicas da Indústria Catarinense 2022 – Celulose & Papel, os Pactos Global e Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção, o Índice de Desenvolvimento Sustentável e a matriz de materialidade de outas empresas do setor serviram como base para consulta de fontes externas. Para complementar os temas que emergiram dessa etapa de consulta foram realizadas entrevistas com clientes, fornecedores, prestadores de serviços e represente do governo. Os stakeholders engajados na definição dos temas materiais foram definidos a partir de uma análise conduzida pela área de sustentabilidade.

O resultado dessas consultas foi levado a uma matriz de priorização de temas, da qual identificamos aqueles que se colocaram como relevantes e muito relevantes, utilizados para a definição dos conteúdos reportados nessa edição do Relatório de Sustentabilidade. Eles nos guiam para a compreensão dos nossos impactos, dentro e fora das nossas operações, e no direcionamento dos nossos esforços para aumentar a amplitude dos impactos positivos e mitigar os impactos negativos.

(102-32, 102-46) As informações contidas neste relato foram apuradas pelas áreas funcionais, revisadas internamente e pelo Comitê de Sustentabilidade instituído no início de 2018 e aprovadas pela Diretoria Executiva. (102-56)A BSD Consulting foi responsável pela verificação independente das informações não financeiras e pela emissão de uma declaração de garantia.

(G4-33) A verificação da consistência e integridade das nossas operações é auditada de forma independente e resulta na emissão do Parecer dos Auditores Independentes, trimestral e anualmente. As demonstrações financeiras, consolidadas de acordo com as normas internacionais de relatório financeiro (IFRS) e das práticas adotadas no Brasil, são auditadas pela Delloite Toche Tohmatsu.

(102-44 102-47)

Lista de tópicos materiais

(102-32) Em 2017, realizamos entrevistas com os membros da Diretoria Executiva visando capturar suas percepções quanto ao conteúdo do último relato publicado e suas expectativas para a atual publicação, reforçando e validando os temas que norteiam nosso conteúdo, também verificando oportunidades de aprimoramento.

Tópico Material Por que foi identificado
como tópico material?
Elos da cadeia que percebem
maior impacto deste tema. (Quanto maior o impacto, maior a intensidade da cor)
Indicadores GRI
relacionados ao tema
  FLORESTAL
  FORNECEDORES
  UNIDADES
  CLIENTES
  SOCIEDADE
Responsabilidade ambiental Dependência da Irani em relação aos recursos naturais como a água e as florestas plantadas para os processos produtivos.
102-9, 102-10
301-1, 301-2, 301-3
302-1, 302-2, 302-3, 302-4, 302-5
303-1, 303-2, 303-3
304-1, 304-2, 304-3, 304-4
305-1, 305-2, 305-3, 305-4, 305-5,
305-6, 305-7
306-1, 306-2, 306-3, 306-4, 306-5
308-1, 308-2
Relações Prósperas Construir relações de valor e prósperas faz parte da nossa missão.
102-12, 102-13,
102-40, 102-41,
102-42, 102-43,
102-44
Desenvolvimento de pessoas Desenvolvimento de equipes de alta performance é o caminho para assegurarmos a excelência dos processos, produtos e serviços e a consecução da nossa estratégia de negócios.
401-1, 401-2,
401-3 404-1,
404-2, 404-3
Foco do Cliente O nosso desafio está em entender para atender. Nos colocamos ao lado dos nossos clientes, olhando para um mesmo cenário. Assim, com o nosso conhecimento e experiência, propomos soluções que visam a redução de custos e melhorias operacionais.
102-6,
416-1, 416-2
Excelência Asseguração da excelência, fortalecendo a cultura da inovação, do aprendizado e da melhoria contínua em tudo que fazemos.
102-2, 102-3,
102-4, 102-15
Responsabilidade Social Contribuição para o desenvolvimento das comunidades do entorno e fortalecimento da cadeia de valor, por meio de iniciativas sustentáveis que promovam a geração de valor compartilhado.
102-8
308-1, 308-2
405-1, 405-2
408-1, 408-2
414-1, 414-12
Saúde e Segurança Engajamento de nossas lideranças e de nossos colaboradores em zelar pela saúde e segurança de cada um.
403-1, 403-2,
403-3, 403-4
Lucros admiráveis e merecidos Não somos apenas um agente econômico, contribuímos para a prosperidade de nossos stakeholders e para a promoção de desenvolvimento social. O reconhecimento desse esforço se materializa em lucros admiráveis e merecidos.
201-1, 201-2,
201-3, 201-4
Governança Nos pautamos na transparência, ética e integridade para a condução no nosso modelo de governança e todas as nossas relações.
102-1, 102-16, 102-17,
102-18, 102-19, 102-20,
102-21, 102-22, 102-23,
102-24, 102-25, 102-26, 102-27, 102-28, 102-29,102-30, 102-31, 102-32,102-33, 102-34, 102-35,102-36, 102-37, 102-38,102-39